"Num mundo onde você não pode falar o que está no em seu coração Veneno (Poison)"

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Nada sei [I know nothing]


Queria que tudo fosse simples a o ponto de fechar os olhos e estar tudo resolvido, mas infelizmente não é bem assim, estou em uma guerra constante comigo mesmo e ao mesmo tempo em uma guerra constante contra quem não quero, tudo que eu faço ou deixo de fazer acaba vindo a me levar a refletir sobre isso, depois de muito tempo resolvi escrever, o quanto eu sinto dor, medo, raiva, ódio... Tudo isso acabou se tornando parte de mim por não conseguir manter as coisas instáveis e me torna balanceado não sei nem porque estou escrevendo ou realmente porque estou, apenas sei que minha dor cresce constantemente quando a solução já esta dada porém cabe a mim dizer  e decidir se devo usa-la, fazendo isso causarei o sofrimento de quem protejo e amo, não fazendo também o  causarei, minha dúvidas se tornaram completas e só posso dizer que agora de nada sei.

[Bem não sei nem o que eu to escrevendo, mas sei que escrevi.]

14 comentários:

  1. Se tudo fosse assim tão simples nada faria tanto sentido quanto deve. O mais sofrível aprendizado não deixa de ser, também, o mais eficaz.

    ResponderExcluir
  2. Às vezes não saber pode ser bom... seguindo!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom!!!

    Estou te seguindo, aguardo retribuição!

    ^^

    http://gibitecalomania.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Adorei o blog,
    já toh seguindo *----*
    Beijos

    www.marcellagiroldo.com

    -quando pudeh passa lá no meu tb =)

    ResponderExcluir
  5. Essas guerras nos deixam exaustos(as)...

    ResponderExcluir
  6. A parte mais dificil tu ja fez que foi reconhecer isso..


    Agora é só traçar metas e dar o sangue para seguir

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o texto...só faltou uma imagem pra ilustrar.

    ResponderExcluir
  8. O primeiro passo, e reconhecer... isso é bom! :)

    ResponderExcluir
  9. Bem, graças ao conselho irei dar uma vida !

    ResponderExcluir
  10. De vez em quando entramos em conflito conosco mesmo, mas não devemos nos deixar abater e fazer disso tudo um grande aprendizado, algo que nos faça crescer.

    http://desquotidiano.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Nada sei desta vida, vivo sem saber. Nunca soube, nem nada saberei. Que lugar me convem, que eu possa naufragar...

    Excelente. Te sigo!

    ResponderExcluir
  12. Só sei que nada sei...
    Passo por essa crise de identidade todos os dias e é... nada sei :/

    ResponderExcluir